Atendimento: (86) 3221-0099

NOTíCIAS

Mídias sociais: saia ou use com moderação

Livro sugere que redes sociais alteram nosso comportamento e abandoná-las ajudaria a resguardar a saúde mental.

Tamanho da letra:
A
A
Publicado em: 02 de maio de 2019

Você já imaginou um mundo sem Facebook, Instagram e companhia? Segundo o cientista da computação Jaron Lanier, nossa mente e a sociedade só teriam a ganhar longe dessas plataformas. É o que ele defende no recém-lançado Dez Argumentos para Você Deletar Agora Suas Redes Sociais.

Baseado em pesquisas e na sua experiência no Vale do Silício, principal centro de inovação nos Estados Unidos, ele explica como a internet muda o comportamento de milhões de pessoas diariamente por meio de discussões e conteúdos que afetam a autoestima, o relacionamento e o equilíbrio mental dos usuários.

Apesar do título radical, Lanier enfatiza que sua intenção não é impor ideias nem obrigar as pessoas a eliminar seu perfil nas redes de uma vez. “Mas, qualquer que seja a forma que sua autoexploração assuma, faça pelo menos uma coisa: desligue-se dos impérios de modificação de comportamento por um tempo. […] Depois de seu experimento, você se conhecerá melhor”, escreve.

Os 10 argumentos do livro, resumidos

As redes sociais fazem a gente perder o livre-arbítrio.

Elas nos expõem ao lado mais insano do mundo.

Estimulam comportamentos desrespeitosos.

Não contam nem compartilham a verdade.

Podem desvirtuar o que você diz.

Minam ou destroem a capacidade de empatia.

Induzem comparações e nos fazem ficar infelizes.

Não se importam com a dignidade econômica.

Acabam com qualquer discussão política séria.

Sugam recursos mentais e emocionais.

Fonte: Saúde